Finalidade

 

A nova estrutura administrativa e o novo modelo de gestão adotados a partir da criação dos Comitês Regionais, tem como orientação a gestão compartilhada e descentralizada, visando melhorar a comunicação interna e externa, e ampliar a participação das comunidades indígenas nas instâncias decisórias da Fundação.


Desta forma, é inegável que tal prática administrativa conduz a maior transparência das ações adotadas, à melhoria da qualidade do gasto público, ao controle social efetivo, e a maior agilidade no atendimento às demandas, entre outros benefícios à Administração Pública e aos Povos Indígenas.


É por meio da gestão compartilhada que a FUNAI pretende aprimorar a articulação, a integração e a sinergia das ações estatais com os anseios de seu público-alvo, aumentando a eficiência, a eficácia, a economicidade e a efetividade destas ações, bem como o nível de satisfação dos povos indígenas.


Desta forma, pode-se definir que o principal objetivo da instituição de Comitês Regionais é a melhoria da qualidade de vida dos povos indígenas no Brasil, respeitando suas crenças e valores, e fomentando a promoção de seus direitos.

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05