Nota de pesar

A Fundação Nacional do Índio lamenta e se solidariza com amigos e familiares da ambientalista Juliana Santilli parceira da luta dos povos indígenas.

Com formação em direito, Juliana dedicou sua vida profissional à defesa dos povos e comunidades tradicionais e deixa um vazio em todos aqueles que a conheceram e tiveram a oportunidade de compartilhar do seu pensamento, sua dedicação e seu olhar cuidadoso. A Funai abraça aos que sentem e sofrem com a sua partida.

Leia mais...

Nota Pública da Comissão Nacional de Política Indigenista-CNPI

A Comissão Nacional de Política Indigenista (CNPI) manifesta oposição à PEC 215/2000 que está tramitando na Câmara dos Deputados. Essa proposta representa grave ameaça à estabilidade institucional da sociedade brasileira e aos direitos indígenas. A PEC 215 é reconhecidamente inconstitucional e, se aprovada, levará a uma situação de instabilidade social.

Leia mais...

Nota da Funai sobre a PEC 215/00

A Fundação Nacional do Índio - Funai vem a público manifestar sua irrestrita oposição à PEC 215/00, que tramita no Congresso Nacional. Tal proposta representa uma grave ameaça não apenas aos diretos indígenas, mas a toda sociedade, uma vez que é inconstitucional por vários aspectos.

Leia mais...

Nota da Funai sobre a situação dos povos Guarani no Cone Sul do MS

A Fundação Nacional do Índio (Funai) reconhece a legitimidade da luta dos povos Guarani Nhandeva e Guarani Kaiowá, no Mato Grosso do Sul, por suas terras tradicionais. Esta Fundação repudia qualquer ação embasada em atos de força e violência, assim como tentativas de criminalização de lideranças e da população indígena de forma geral.

Como órgão indigenista oficial do Estado brasileiro, a Funai acredita no diálogo, no respeito mútuo e na construção de um pacto governamental e social amplo para solucionar os problemas enfrentados por povos indígenas e produtores rurais no Cone Sul do estado.

Leia mais...



Destaques

class=

 

A Terra Indígena (TI) Kaxuyana/Tunayana é de posse permanente dos povos originários. A portaria publicada pelo Ministério da Justiça na última quinta-feira (20) declara posse permanente da área, localizada entre o estados do Pará e Amazonas, aos povos Kaxuyana, Tunayana, Kahyana, Katuena, Mawayana, Tikiyana, Xereu-Hixkarayana, Xereu-Katuena e três grupos de indígenas isolados que vivem na região.

class=Ocorreu, nesta segunda (17) e terça-feira (18), no Palácio do Itamaraty em Brasília/DF, o Seminário Internacional sobre Metodologias e Instrumentos de Mensuração da Cooperação Internacional, organizado pela Agência...

Posto Ikpeng - Foto: Mário Vilelaclass=Começou ontem (17), na Sede da Funai, em Brasília, a I Oficina sobre o Papel da Funai na Saúde dos Povos Indígenas, que tem como prioridade a elaboração de uma Instrução Normativa (IN) sobre o tema.

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05