Parte Dom Tomás, ficam seus ensinamentos

dom tomas balduino - Valter Campanato-Agência Brasil

Dom Tomás Balduino, bispo emérito de Goiás, faleceu às 23h30 do último dia 02 de maio, aos 91 anos. Fielmente comprometido com a luta em favor dos Povos Indígenas, Dom Tomás dedicou sua vida à construção de uma sociedade justa e democrática, militando no campo das grandes causas humanas e sociais, e atuando incansavelmente na defesa dos direitos das populações excluídas, dos pobres, dos trabalhadores sem terra, e dos indígenas.

 

Foi um dos fundadores da Comissão Pastoral da Terra – CPT e do Conselho Indigenista Missionário – CIMI. A trajetória de Dom Tomás deixa ao país um vasto legado de ensinamentos. Que seu exemplo de doação e persistência, permaneça vivo dentro de nós, seja capaz de conquistar muitas mentes e corações, e possa reascender a cada dia nossa coragem de lutar e atuar por uma sociedade justa, fraterna e solidária.

 

Fundação Nacional do Índio.

Destaques

class=O presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Marcelo Xavier, recebeu nesta quarta-feira (23), em Brasília, uma comitiva de lideranças indígenas das etnias Paresi, Nambikwara e Manoki, de Mato Grosso, e Macuxi, de...

class=O Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) decidiu favoravelmente à apelação da Fundação Nacional do Índio (Funai) em processo judicial no Rio Grande do Norte (RN), julgando improcedente medida formulada pelo...

class=Na 14ª Primavera de Museus, entre 21 e 27 de setembro, o Museu do Índio/Fundação Nacional do Índio (Funai) traz ao público relatos de parceiros indígenas no período de pandemia. O intuito é mostrar como os artistas e...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05