NOTA FUNAI

FOTO GLEILSON MIRANDAA Fundação Nacional do Índio vem publicamente informar que no dia 29 de junho de 2014 um povo indígena isolado estabeleceu contato com indígenas Ashaninka e servidores da Funai, na Aldeia Simpatia, na Terra Indígena Kampa e Isolados do Alto Rio Envira, no estado do Acre.

 


O contato ocorreu com a equipe da Frente de Proteção Etnoambiental Envira e o sertanista José Carlos Meirelles, da Assessoria Indígena do Governo do Estado do Acre. A FPE Envira vinha acompanhando a aproximação dos índios isolados desde o dia 13 de junho. A permanência do grupo isolado na região ocorre de forma pacífica.


No presente momento, a equipe da Frente de Proteção Etnoambiental Envira, da Coordenação-Geral de Índios Isolados e Recém contatados – CGIIRC, juntamente com o Distrito Sanitário Especial Indígena – DSEI, do Alto Rio Juruá/Secretaria Especial de Saúde Indígena, encontram-se na região para dar início ao Plano de Contingência para Situações de Contato. A equipe de servidores no local está qualificando as informações por meio de interpretes para que haja maior conhecimento deste grupo indígena.

 

A Politica de Proteção aos Índios Isolados da Funai tem a premissa do não contato, respeitando a autodeterminação dos povos e realizando o trabalho de proteção territorial com a presença destes. No entanto, são previstas ações de intervenção – planos de contingência – quando o grupo indígena isolado procura estabelecê-lo.

Destaques

class=O anúncio do resultado da chamada pública do Fundo Amazônia, que vai destinar recursos financeiros para monitoramento e fiscalização ambiental em Terras Indígenas no bioma Amazônia, entre ações previstas nos Planos de...

class=O Governo Federal homologa na próxima segunda-feira (20), por meio de decreto da presidenta Dilma Rousseff, três terras indígenas na região norte do país, que totalizam 232.544 hectares, e atendem a reivindicação de quatro...

class=Colaboração: Sirlene Bendazzoli

 

O palco das comemorações pela conquista do nível superior da primeira turma do Curso de Licenciatura Intercultural Indígena do Sul da Mata Atlântica da Universidade Federal de Santa Catarina, formada por acadêmicos dos povos Guarani, Kaingang e Laklãnõ/Xoklehg, que ocorreram no último dia 08 de abril, foi o Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina.

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05