Índios Isolados que estabeleceram contato recebem atendimento médico no Acre

Foto Envira 2-2Os integrantes do grupo de índios isolados que estabeleceram contato no último dia 26 de junho já retornaram às suas malocas, depois de receberem atendimento médico. O contato foi estabelecido com os servidores da Frente de Proteção Etnoambiental (FPE) Envira da Fundação Nacional do Índio e indígenas do Povo Ashaninka, na Aldeia Simpatia, da Terra Indígena Kampa e Isolados do Alto Rio Envira, estado do Acre.

 

O grupo de índios isolados contraiu gripe e se deslocou junto com a equipe para a Base de Proteção Etnoambiental Xinane, onde foi possível realizar o atendimento médico. Após a conclusão do tratamento, os indígenas retornaram para suas malocas, onde estão os demais integrantes de seu povo. De acordo com informações dos intérpretes que integram a equipe da Funai, os índios pertencem a um subgrupo do tronco linguístico Pano. O contato e a permanência do grupo de isolados na região ocorreu de forma pacífica.

 

A equipe da FPE Envira e o sertanista José Carlos Meirelles, assessor da Secretaria Indígena da Secretaria Especial do Meio Ambiente do governo do estado do Acre, vinham acompanhando a aproximação dos índios isolados desde o dia 13 de junho.

 

Entre as medidas necessárias a serem tomadas pela FUNAI a partir desse momento está a reativação permanente da Base Xinane da FPE Envira. Os trabalhos consistirão em ações de monitoramento dos povos indígenas isolados buscando identificar possíveis ameaças às suas vidas e territórios. Nos diálogos com o grupo indígena por meio dos intérpretes, eles relataram que sofreram atos de violência praticados por não índios nas cabeceiras do rio Envira, que se localiza em território Peruano. Por tratar-se da região de fronteira Brasil-Peru e diante destes relatos, estão sendo tomadas medidas que buscam averiguar os fatos relatados e implementar um plano de ação no âmbito do Acordo de Cooperação Técnica firmada entre a Funai e o governo peruano em março deste ano, com vistas à proteção dos povos indígenas isolados transfronteiriços e ao monitoramento territorial na região.

 

 

Plano de Contingência para Situações de Contato

 

O Plano de Contingência para Situações de Contato que se encontrava em estado de alerta, passou para a fase de intervenção, sendo executado pela equipe composta por servidores da Funai, mateiros, intérpretes, funcionários da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) e um médico da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

 

Coordenado pela Funai, em parceria com a Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, este Plano prevê ações que consigam, no primeiro momento, realizar o atendimento à saúde desse grupo de forma imediata, eficaz e preventiva, diminuindo o impacto do contato. Desta maneira, os índios que contraíram a gripe já foram imunizados.

 

Além disso, o Plano visa estabelecer uma relação de confiança entre os servidores, os povos vizinhos e os isolados, de acordo com termos de conduta que norteiam e organizam as equipes que estão em campo, de forma a estabelecer um contato que não seja traumático.

 

 

Frente de Proteção Etnoambiental Envira

 

A Frente de Proteção Etnoambiental Envira monitora 4 grupos de povos indígenas isolados confirmados na região. A Politica de Proteção aos Índios Isolados da Funai tem a premissa do não contato, respeitando a autodeterminação dos povos e realizando o trabalho de proteção do território ocupado por eles. As ações de intervenção – como o Plano de Contingência – são previstas apenas quando o grupo indígena isolado procura establecer o contato ou quando algum fator coloque o grupo em risco.

 

Destaques

class=Esta semana (14 a 18/8), a Coordenação Regional (CR) Amapá e Norte do Pará está envolvida no treinamento dos servidores para o uso do Sistema Eletrônico de Informações (SEI). Após a capacitação, a CR passa a fazer...

class=Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) julgaram improcedentes as ações do estado de Mato Grosso que pediam indenização da União por destinação de terras que foram incluídas na terra indígena Parque do Xingu, e...

class=A embaixada da Colômbia convida a todos para a exibição, nesta quarta-feira (16), do filme indígena "O abraço da serpente", no Centro Cultural da ADUNB, às 15h. Indicado ao Oscar 2016 de melhor filme em língua estrangeira,...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05