Funai atua para garantir a segurança de indígenas que vivem em área atingida por incêndio no Maranhão

SoniaGuajajara PresFunai-Foto-MarioVilela-Funai-7.jpgokokO presidente da Funai, João Pedro, esteve reunido na tarde de hoje (5), com a representante da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), Sônia Guajajara, na sede da Funai, em Brasília-DF.

 

Um dos temas tratados foi o incêndio que atinge a Terra Indígena Araribóia, no interior do Maranhão, há um mês. O fogo ameaça atingir indígenas isolados da etnia Awá, além de 12 mil indígenas Guajajara que vivem na região.

 

A Funai tem atuado fornecendo apoio logístico à operação, auxiliando no fornecimento de alimentação aos efetivos envolvidos no combate, bem como no transportes de materiais e pessoas e na articulação e acionamento dos órgãos envolvidos nas ações.

 

 

A Funai também promove o diálogo com as comunidades indígenas com vistas a esclarecer acerca dos trabalhos da operação e promover o bom andamento dos trabalhos.

 

Uma equipe da Frente de Proteção Etnoambiental (FPE) Awá da Funai, vinculada à Coordenação Geral de Índios Isolados e Recém Contatados, orienta as equipes de combate acerca dos procedimentos em função da existência de índios isolados na região.

 

Diante das dificuldades de se debelar os incêndios, a FPE Awá, juntamente com a Coordenação Regional Maranhão, solicitou o apoio do Exército Brasileiro, que, desde 1º de outubro, tem auxiliado na logística, com a implantação de duas bases, além de incrementar a equipe de combate ao incêndio com cerca 42 homens.

 

A Funai trabalha em parceria com o Ibama, Exército e Corpo de Bombeiros. Atualmente, a região conta com um efetivo de 130 brigadistas do Prevfogo, com equipes indígenas entre eles. Cerca de 20% da terra indígena já foi atingida pelo fogo.

Destaques

class=

 

Há menos de 20 dias do início de 2019 e algumas instituições de ensino superior do país já estão envolvidas em diferentes fases dos processos seletivos específicos para admissão de alunos indígenas. Encerram hoje (18) as inscrições para o Vestibular 2019 do curso de Licenciatura Intercultural Indígena - Teko Arandu da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

class=

 

Nomeado pelo Diário Oficial da União (DOU) nessa quarta-feira (16), o presidente da Fundação Nacional do Índio, Franklimberg de Freitas, tomou posse hoje (17) no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. A ministra Damares Alves fez questão de ressaltar que a nomeação de Freitas não se deve a nenhuma indicação política, mas ao seu perfil técnico e sua paixão pela causa indígena.

class=O general do Exército Brasileiro Franklimberg de Freitas reassumiu a presidência da Fundação Nacional do Índio nessa quarta-feira (16). A nomeação foi publicada na edição extra do Diário Oficial da União (DOU). Freitas, que toma posse hoje, pediu exoneração do cargo em abril de 2018, após presidir o órgão por quase um ano.(Acompanhe aqui parte do trabalho desenvolvido por ele durante o período em que presidiu a Funai).

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05