Nota de Repúdio

notarepudio2A Funai vem a público manifestar sua enorme consternação e revolta pelo assassinato brutal perpetrado contra o indígena Kaingang Vitor Pinto, de apenas dois anos de idade, na cidade de Imbituba, estado de Santa Catarina, na última quarta-feira (30).

Ao mesmo tempo, externa sua solidariedade aos pais do menino, Sônia da Silva e Arcelino Vara Pinto, bem como à comunidade da Aldeia Condá, onde ele vivia. Exorta, ainda, à Polícia Civil do Estado de Santa Catarina para que envide todos os esforços e meios necessários para o elucidamento do fato ocorrido, de modo a se fazer justiça contra tão odioso crime. Informa, ainda, que já  está acionando a Polícia Federal para acompanhar o caso.

Destaques

class=Os indígenas da etnia Ashaninka, do estado do Acre, vão receber R$ 14 milhões como compensação por danos ambientais ocorridos em suas terras durante a década de 1980. O termo de conciliação que permite o ressarcimento à...

class=A Funai inicia nesta quarta-feira (01) a campanha Abril Indígena 2020. Com foco nas redes sociais para evitar eventos que reúnam público presencial, este ano a campanha aborda valores humanos fundamentais para todas as...

class=Com atuação em 90 aldeias indígenas nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, a Coordenação Regional Litoral Sudeste tem atuado junto às organizações da sociedade civil e aos órgãos públicos para alinhar ações de...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05