Nota da Funai em repúdio à intimidação e violência no Vale do Javari

notarepudio2A Funai manifesta sua total indignação e repúdio à atitude de um grupo do povo indígena Matis, no último domingo (6), na Terra Indígena Vale do Javari, extremo oeste do Amazonas.

Esse grupo voltava para suas aldeias após reunião com o presidente da Funai, em Atalaia do Norte (AM), e, ao chegar à Base de Proteção Etnoambiental da Funai, na confluência dos rios Ituí e Itaquaí, desceu da embarcação em atitude de intimidação, ameaçou colaboradores indígenas, que atuam nessa Base, e agrediu o médico da Sesai, que presta assistência aos Korubo, sendo esse um dos motivos da agressão.

 

Outro grupo de Matis seguiu em direção ao acampamento onde estão os indígenas Korubo, recém-contatados em setembro de 2015, desrespeitando as regras epidemiológicas e as instruções do coordenador da Frente de Proteção Etnoambiental Vale do Javari para que não seguissem até o local. Tal atitude demonstra desrespeito à instituição e uma ameaça ao grupo Korubo. Além de expô-los a eventuais doenças, contrariaram a autonomia do povo Korubo.

 

Em conformidade com suas diretrizes de atuação com os povos indígenas isolados e recém-contatados, a Funai compreende que deve agir para garantir a integridade física, psicológica e cultural do povo Korubo. Os Korubo têm expressado sua vontade, dizendo não querer uma aproximação com os Matis. Sua autonomia, diante dessa situação, deve ser reconhecida, respeitada e garantida pelo Estado brasileiro, e pelo movimento indígena.

 

A Funai se solidariza com o povo Korubo e com todos os servidores que atuam na região, em especial aqueles diretamente envolvidos na situação. Ainda, informa que esta Fundação está tomando as providências legais para apurar os acontecimentos, punir os responsáveis e coibir atitudes como essa.

 

Fundação Nacional do Índio

Brasília, 8 de março de 2016.

Destaques

class=Na tarde desta sexta-feira, Franklimberg de Freitas comunicou aos servidores o pedido de exoneração do cargo de presidente da Funai.

 

class=A política indigenista perdeu uma grande aliada na última quarta-feira, 18 de abril. Lylia da Silva Guedes Galetti, combatente das causas justas, representa o comprometimento democrático e horizontal com os direitos dos povos...

class=Hoje é dia de celebrar a importância cultural da herança indígena para o povo brasileiro. Esta contribuição se faz presente desde o hábito do banho diário até a nossa cultura alimentar. Aspectos tão simples que podem passar despercebidos no dia a dia, mas que atestam a presença indígena como fator determinante para nossa formação social, e que fazem parte da identidade do povo brasileiro: essa mistura de índios, brancos, negros e mestiços. Tal diversidade formadora do país é composta também pela diversidade da cultura indígena espalhada em 305 diferentes etnias e suas mais de 270 línguas.

 

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05