Povo Paiter Suruí inaugura primeiro museu de Rondônia dentro de uma terra indígena

museusurui1Preocupados com as perdas culturais sofridas durante os 47 anos de contato com os não índígenas, os Paiter Suruí criaram o Museu Paiter A Soe (coisas de Paiter). O museu foi inaugurado no último dia 19/7, na aldeia Gapgir, localizada na Terra Indígena Sete de Setembro, a 60 quilômetros de Cacoal, Rondônia.

 

O projeto foi idealizado pelos indígenas e construído com apoio da Associação Gabgirey; da Funai, por meio da Coordenação Regional de Cacoal; da Rede Indígena de Memória e Museologia; e da Coordenação Regional de Educação de Cacoal.  O responsável pelo projeto é o professor Luiz Wymilawa Suruí, que resolveu tornar realidade um antigo sonho de ter um espaço para fomentar ações referentes à cultura material e imaterial, resgatar práticas que se perderam ao longo do contato e valorizar a cultura Paiter.

 

Instalado em uma casa tradicional, de palha de babaçu, feita pelos mais jovens com a supervisão de anciãos, o museu expõe panelas de barro, cestos diversos e outros armuseusuru2tefatos e utensílios que permitem aos visitantes conhecer um pouco da vida cotidiana e a história dos Paiter.  Segundo material distribuído para a inauguração, o Museu leva a comunidade a refletir sobre a relação do modo de vida passado e presente, as principais mudanças ocorridas, buscando alternativas de sobrevivência sociocultural. "É um lugar onde podemos mostrar nosso trabalho (artefatos e artesanatos), contar nossas histórias e interagir de forma positiva com a sociedade envolvente, desmistificando preconceitos e divulgando nosso patrimônio cultural".

 

Na inauguração, houve visitas guiadas e diversas outras atividades, como exposição e venda de artesanatos, apresentação de músicas e narrativas Paiter, competição de arco e flecha, pinturas corporais e degustação de comidas tradicionais. A Funai foi representada pelo Coordenador Regional Substituto de Cacoal, Paulo Ricardo Souza Prado. Também estavam presentes o secretário estadual de turismo, Júlio Olivar, representantes da Coordenação Regional de Educação (CRE), da Universidade Federal de Rondônia (Unir) e indígenas de diversas etnias do estado.

 

Para outras informações, acesse a página do Museu Paiter A Soe no Facebook: https://www.facebook.com/museu.paiterasoe?fref=ts

Destaques

class=O presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Marcelo Xavier, recebeu nesta quarta-feira (23), em Brasília, uma comitiva de lideranças indígenas das etnias Paresi, Nambikwara e Manoki, de Mato Grosso, e Macuxi, de...

class=O Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) decidiu favoravelmente à apelação da Fundação Nacional do Índio (Funai) em processo judicial no Rio Grande do Norte (RN), julgando improcedente medida formulada pelo...

class=Na 14ª Primavera de Museus, entre 21 e 27 de setembro, o Museu do Índio/Fundação Nacional do Índio (Funai) traz ao público relatos de parceiros indígenas no período de pandemia. O intuito é mostrar como os artistas e...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05