Capacitação em Proteção Territorial contabiliza 300 indígenas e 285 servidores participantes

Criado em 2012 para reforçar ações preventivas de proteção das terras indígenas no Brasil, o Programa de Capacitação em Proteção Territorial da Funai alcançou, nesse período, 300 indígenas e 285 servidores. O mais recente módulo contou com a participação de 20 servidores da Coordenação Regional de Roraima, incluindo representantes das Coordenações Técnicas Locais (CTLs) e da Frente de Proteção Etnoambiental Yanomami-YeKuana. As aulas, sobre o tema Cartografia Básica e Uso de GPS, foram realizadas entre os dias 6 e 15 de julho.


capacitacaorrO módulo realizado em Roraima teve a duração de 34 horas, distribuídas entre teoria sobre cartografia e GPS e aulas práticas. Durante a semana de formação, os cursistas elaboraram um calendário cultural da região, desenvolveram mapas mentais e realizaram exercícios práticos com o GPS, como a corrida de orientação/trilha orientada. Os dados obtidos durante os exercícios foram trabalhados nos softwares do laboratório da Universidade Federal de Roraima, com produção de mapas simples.


Nos dois últimos dias, o curso tratou do uso e organização de informações geográficas na elaboração dos relatórios de monitoramento territorial. De acordo com participantes, o aproveitamento foi excelente, pois além de qualificar sua capacidade técnica para operar um aparelho de GPS em campo, os servidores estiveram integrados nesse período, discutindo procedimentos relativos à proteção territorial de terras indígenas.


capacitacaororaimaOs temas do Programa de Capacitação em Proteção Territorial são abordados em sete módulos: Cartografia Básica e Uso de GPS; Noções Gerais de Legislação Indigenista e Ambiental; Serviços Ambientais: o papel das Terras Indígenas; Prevenção e Monitoramento de Incêndios Florestais em Terras Indígenas; Vigilância e Proteção de Terras Indígenas; Monitores Territoriais Indígenas; e Uso Preventivo e Manutenção Básica de Equipamentos e Veículos.


O público-alvo principal são indígenas residentes em áreas de maior pressão de atividades ilícitas e servidores da Funai que trabalham nas Coordenações Regionais, nas Frentes de Proteção Etnoambientais e nas Coordenações Técnicas Locais com atuação em proteção territorial. As aulas são pautadas no diálogo intercultural, com valorização dos conhecimentos tradicionais e reconhecimento do seu papel na conservação ambiental. O objetivo é produzir resultados mais efetivos e promover o protagonismo dos povos indígenas na gestão de seus territórios.


Colaboração: Inayê Uliana Perez e Gabriella Casimiro Guimarães/Funai


Destaques

class=A Coordenação Regional Litoral Sul da Fundação Nacional do Índio (Funai), com sede em São José (SC), realizou testes rápidos de diagnóstico da covid-19 entre os servidores da unidade responsável pelo atendimento de 60...

class=Em meio à pandemia do novo coronavírus, os Ministérios da Defesa e da Saúde, em ação conjunta, intensificaram a assistência à saúde prestada a indígenas de Roraima no âmbito da Operação Covid-19. A ação...

class=Mais de 58 mil cestas básicas serão entregues a famílias indígenas da Região Centro-Oeste do país na nova fase de distribuição de alimentos a comunidades em situação de vulnerabilidade social. A ação é uma parceria...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05