Antônio Costa assume a presidência da Funai

posseO novo presidente da Funai foi empossado pelo ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, na tarde de ontem (16). Ainda ontem, o presidente deu posse ao novo diretor de Promoção ao Desenvolvimento Sustentável do órgão, Franklimberg Ribeiro de Freitas.

 

Na manhã de hoje (17), ele realizou uma reunião de apresentação com os servidores da Funai, em que destacou a necessidade de fortalecimento do órgão, da união entre os servidores e se comprometeu a criar um grupo de trabalho para atualização da proposta de Plano de Carreira dos servidores da Fundação.

 

"Temos um desafio que é orçamentário. Ao longo dos anos, o orçamento da Funai não tem acompanhado a necessidade das políticas públicas e o crescimento populacional dos povos indígenas", disse.

 

Perfil do presidente

 

Antônio Fernandes Toninho Costa é graduado em Odontologia pela Universidade Federal de Alfenas (1995), com especialização em Saúde Indígena pela Universidade Federal de São Paulo (2010).

 

Entre os anos de 2010 e 2012, foi coordenador-geral de Monitoramento e Avaliação da Saúde Indígena na Secretaria Especial de Saúde Indígena. Também foi assessor técnico na Comissão de Legislação Participativa da Câmara (2015) e na Comissão dos Direitos Humanos e Minorias da Câmara (2014).

 

Costa atuou ainda como Consultor da Organização Pan-americana para Saúde Indígena (2009) e do Departamento de Saúde Indígena da ONU para a Educação, Ciência e Cultura (2002/2005). 

 

Texto: Ascom Funai com informações do MJC.

Destaques

class=

Preconceitos e estereótipos contra povos indígenas podem ser vencidos desde cedo e a escola tem relevante papel nessa contribuição à sociedade. Em Altamira, a partir da parceria entre a Coordenação Regional (CR)...

equipe

Terminou na última sexta-feira (19), na aldeia Cartucho, município de Santa Isabel do Rio Negro (AM), divisa com a Colômbia e a Venezuela, mais uma etapa do Programa Sesai em Ação: Saúde Indígena Brasil Adentro!, que tem como objetivo apoiar a oferta de ações complementares à atenção básica e especializada de saúde em áreas de difícil acesso geográfico em benefício da população indígena, evitando, assim, o deslocamento de famílias para tratamento em centros urbanos. Este ano, o projeto, em parceria com a Funai, atendeu as 23 etnias indígenas que abrangem a jurisdição da Coordenação Regional do Rio Negro, incluindo os Yanomami.

class=A Funai prorrogou a data de entrega das propostas da Chamada Pública nº 001/2019 para o dia 26 de abril. Serão beneficiadas aldeias indígenas próximas aos municípios de Marabá e Itaituba (PA), Tabatinga (AM), Palmas (TO) e Imperatriz (MA). Os recursos para a instituição que será selecionada somam o total de R$ 500 mil.

 

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05