IV Encontro Nacional de Agroecologia promove compartilhamento de experiências em comunidades indígenas

 

Novo ânimo

 

Após o evento, servidores das Coordenações Regionais de Cacoal, Minas Gerais e Espírito Santo, Maranhão, Dourados, Nordeste I, Médio Purus, Juruá, Baixo Tocantins, Litoral Sudeste e da CGEtno reuniram-se para debater impressões e discutirem maneiras de incorporar a agroecologia como diretriz transversal da Funai.

Experiências das regiões foram apresentadas e, na ocasião, surgiram propostas de retomada de discussões sobre criação de Grupo de Trabalho de Agroecologia na Funai; estruturação de programa de ações específico para a temática; articulação entre unidades; criação de plataforma de compartilhamento de experiências agroecológicas indígenas e outras iniciativas.

Leiva Martins ressaltou a importância do evento para servidores e participantes envolvidos com a agroecologia indígena: "O IV ENA trouxe um envolvimento muito mais estreito entre os servidores participantes, bem como entre os indígenas convidados pela Funai, a partir do intercâmbio de experiências, potencialidades e dificuldades, trazendo um novo ânimo aos participantes, no sentido de valorizar e fortalecer as agriculturas indígenas nos territórios e seus diálogos com a agroecologia nas suas diversas vertentes".

ENApanoramica


Kézia Abiorana

Ascom/Funai 

 

Destaques

class=Com vistas a ampliar as medidas de reparação às populações atingidas pelo Rompimento da Barragem de Fundão da Mineradora Samarco, a Câmara Técnica Indígena e Povos e Comunidades Tradicionais (CT-IPCT) promoveu na última...

class=Encerra-se hoje (15) a Oficina de Capacitação em Acesso e Repartição de Benefícios, evento organizado pela Coordenação-Geral de Gestão Ambiental (CGGAM), em parceria com o Departamento de Apoio ao Conselho de Gestão do Patrimônio Genético (DCGen) e com o Departamento de Patrimônio Genético (DPG) do Ministério do Meio Ambiente (MMA), com o objetivo de qualificar e fortalecer a atuação de servidores da Funai e representantes indígenas no que diz respeito à proteção e salvaguarda dos conhecimentos tradicionais associados e à garantia da repartição de benefícios advinda do uso desses conhecimentos.

class=Promover o desenvolvimento sustentável na Região Amazônica Brasileira por meio da conservação e do uso sustentável de seus ecossistemas nas áreas protegidas – esse é o objetivo principal do Projeto de Cooperação...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05