Mais de 1,2 mil indígenas e quilombolas se inscrevem no Bolsa Permanência

UnBestudanteindigenaMais de 1,2 mil estudantes indígenas e quilombolas matriculados em cursos de graduação de instituições federais pediram a inclusão no Programa de Bolsa Permanência, do Ministério da Educação. As inscrições para o programa, abertas em 18 de junho, ficam abertas na internetaté 31 de agosto. Do total de 1.228 solicitações, 430 já tiveram o cadastro autorizado pelas instituições públicas federais.

 

 

O Programa de Bolsa Permanência paga mensalmente R$ 900 de auxílio financeiro a indígenas e quilombolas a fim de garantir a permanência de estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica nos cursos de graduação das instituições federais de ensino.

 

Para ter direito ao benefício, o estudante precisa ter renda familiar per capita de no máximo um salário-mínimo e meio, não ultrapassar dois semestres do tempo regulamentar de duração do curso de graduação e ter o cadastro aprovado e mensalmente homologado pela instituição federal de ensino superior. É preciso enviar a documentação solicitada que comprove que o estudante pertence a comunidades indígenas ou quilombolas. Esses registros podem ser obtidos na Fundação Nacional do Índio (Funai) e na Fundação Cultural Palmares.

 

De acordo com dados do Ministério da Educação, atualmente são pagas 10 mil bolsas para indígenas e quilombolas. São 7 mil para o primeiro grupo e 3 mil para o segundo, totalizando um investimento de R$ 7 milhões mensais. Um total de 87 instituições de ensino estão cadastradas no Programa de Bolsa Permanência.

 

 

Fonte: EBC

 

 

Destaques

class="A terra é meu coração, a água é meu sangue e o ar é meu espírito". Essa frase era conhecida como a ideologia do Cacique Geral João Arrezomae, falecido na manhã desta segunda-feira (16), na aldeia Kamae, da Terra...

class=Representantes dos povos Macro-Jê reuniram-se a indigenistas, linguistas, antropólogos e educadores no IX Encontro Macro-Jê, realizado na Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) entre os dias 19 a 22.

class=O curta-metragem "Festa dos Encantados", inspirado no projeto Alma Brasileira – Coisa de Índio, produzido pela Coletivo 105, Idade da Pedra e Instituto Makarapy, é vencedor do Prêmio Mercosul de Direitos Humanos no 22º...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05