100 dias na Presidência da Funai

 

 

Fortalecimento institucional

 

100DIAS4No Dia Mundial do Meio Ambiente (5/6) foram entregues, aproximadamente, dez mil mudas do Programa Reflorestar a 126 famílias indígenas. Ainda em junho, 23 povos em sete Terras distintas, totalizando uma área de abrangência de cerca de 11,5 mil hectares, foram beneficiados com a assinatura do Plano de Trabalho do Acordo de Cooperação Técnica - ACT com o Instituto Socioambiental – ISA e a Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro – FOIRN.

 

Foi assinado o primeiro Plano de Visitação aprovado fora da região amazônica – Tenondé Porã, e um Termo de Ajuste de Conduta para dar início ao processo de transição produtiva nas Terras Indígenas Nonoai, Serrinha e Guarita.

 

 

 

Próximos passos

 

"É necessário fazer mais e melhor, com pouco recurso. Não existe receita mágica, será muito trabalho qualificado de gestão pública. Isso, sem abrir mão da interação com todos os envolvidos na questão indígena", esclarece Bastos.

 

A Funai continuará o programa de interação com os povos atendidos, servidores e demais atores envolvidos, estabelecendo, simultaneamente, ações para solução dos problemas mais simples e planos para os mais complexos. Questões fundamentais para o funcionamento eficaz da instituição e para a prestação do serviço técnico, como orçamento, valorização e ampliação dos recursos humanos, além de infraestrutura, permanecem na pauta de defesa na presidência.


Segundo Bastos, a dedicação dos servidores e diretoria foi o fator decisivo para esse bom começo de trabalho.

 

 

 

Ana Carolina Aleixo Vilela - Ascom/Pres

Destaques

class=

 

Há menos de 20 dias do início de 2019 e algumas instituições de ensino superior do país já estão envolvidas em diferentes fases dos processos seletivos específicos para admissão de alunos indígenas. Encerram hoje (18) as inscrições para o Vestibular 2019 do curso de Licenciatura Intercultural Indígena - Teko Arandu da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

class=

 

Nomeado pelo Diário Oficial da União (DOU) nessa quarta-feira (16), o presidente da Fundação Nacional do Índio, Franklimberg de Freitas, tomou posse hoje (17) no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. A ministra Damares Alves fez questão de ressaltar que a nomeação de Freitas não se deve a nenhuma indicação política, mas ao seu perfil técnico e sua paixão pela causa indígena.

class=O general do Exército Brasileiro Franklimberg de Freitas reassumiu a presidência da Fundação Nacional do Índio nessa quarta-feira (16). A nomeação foi publicada na edição extra do Diário Oficial da União (DOU). Freitas, que toma posse hoje, pediu exoneração do cargo em abril de 2018, após presidir o órgão por quase um ano.(Acompanhe aqui parte do trabalho desenvolvido por ele durante o período em que presidiu a Funai).

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05