Funai participa de preparação de magistrados sobre direitos indígenas

Foto Curso Enfam antrop e dir indgNos últimos dias 11 e 12, ocorreu, em Brasília, o curso Antropologia e Direito dos Povos Indígenas, etapa presencial do Curso de Formação de Formadores promovido pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), em parceria com a Associação Brasileira de Antropologia (ABA) e colaboração da Funai.

 

A ação que visa preparar magistrados formadores de todo o Brasil para que abordem, na atuação docente, conceitos da antropologia e aspectos culturais dos povos indígenas para interpretação e aplicação do direito, promoveu aulas presencias e a distância para uma turma de 30 participantes.

Durante a abertura, lideranças do povo Makuxi, Eudina Gabriel e Jacir José de Souza, relataram aos magistrados a luta indígena em busca da demarcação e da homologação da Terra Indígena Raposa Serra do Sol. Já no último dia, os magistrados tiveram a oportunidade de visitar o Memorial dos Povos Indígenas, onde foram recebidos pelo diretor e líder indígena Álvaro Tucano.

 

Gustavo Menezes, Coordenador-Geral de Identificação e Delimitação da Funai e um dos ministrantes do curso, definiu a atividade como "uma excelente oportunidade de aprofundar o diálogo com juízas e juízes a respeito dos direitos dos povos indígenas e sobre a necessidade de garantir seu cumprimento". Além de Menezes, o curso contou com a participação dos professores Henyo Trindade Barreto Filho, Cristhian Teófilo da Silva e Leda Leitão Martins da ABA.



Coordenação-Geral de Identificação e Delimitação 

Destaques

class=O turismo é um setor da economia com muitas especificidades. Para se tornar uma atividade exitosa, na maior parte das vezes, depende da história, cultura e tradição de cada povo. As narrativas e peculiaridades de uma...

predio.jpgA nomeação de Rogério Guimarães para atuar na Diretoria de Administração e Gestão (DAGES), na última quinta-feira (14), completa a formação da nova equipe de diretores da Funai. Indicados pelo presidente Franklimberg de...

class=Começa hoje (20), no Rio de Janeiro, o Seminário Internacional sobre Atuação Indígena em Pesquisas Colaborativas e Valorização de Conhecimentos, uma co-produção da People's Palace Project e da Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu (AIKAX) com apoio da Funai, via Museu do Índio, Queen Mary University of London e Fundação Planetário do Rio. Pesquisadores indígenas e não indígenas de dez países se reúnem entre os dias 20 e 22 de março para discutirem questões como o papel da academia na construção de narrativas que considerem saberes e costumes de povos tradicionais, criação de abordagens que incluam e respeitem os povos ancestrais e outros assuntos. 

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05