Em visita de cortesia, Ministro da Embaixada da Suíça oferece apoio à Fundação Nacional do Índio

embaixa suica a edO ministro da Embaixada da Suíça, Boris Richard, acompanhado de sua assessora, Maria Dobischok, realizou uma visita de cortesia à Fundação Nacional do Índio (Funai) e foi recebido pelo presidente da Fundação, Wallace Bastos, o assessor de Estudos e Pesquisas, Cleilson Gadelha, e o coordenador de Políticas Ambientais, Paulo Ibituruna.

 

O ministro enfatizou a importância da Amazônia do ponto de vista internacional e mostrou interesse por temas diversos como a preservação ambiental, demarcação, fiscalização e cultura indígena. Richard afirmou, na reunião, que gostaria de ajudar a Funai. O embaixador solicitou uma lista de projetos para estudar em que poderá ajudar a Fundação. "Gostaria de saber como fazer algo, como podemos apoiar", afirmou.

A Suíça é conhecida pelos investimentos na redução de uso de combustíveis nucleares, sendo ainda recordista em usinas geotérmicas. O país também se destaca pela qualidade do ar, políticas ambientais e projetos de redução de emissão de dióxido de carbono. Além disso, o país ainda configura entre aqueles que têm melhor desempenho global em saúde humana em torno da qualidade da água e do ar.

Durante o encontro, Bastos contextualizou a situação dos povos originários e os desafios enfrentados pela Funai na busca da garantia dos direitos dos indígenas brasileiros, assim como explicou a diversidade de temas que envolvem a causa, não sendo correto limitar a questão indígena a um ou dois assuntos.

Bastos enfatizou, ainda, que "transferências de conhecimentos, cooperações técnicas, tecnologias, capacitação, treinamento, tudo isso ajuda a Funai. Não apenas recursos financeiros". Para o presidente, fazer parcerias com governos e instituições estrangeiras é uma estratégia diante da crise, que não ataca só a Funai mas todos os órgãos públicos.

O presidente destacou as parcerias que já existem com o governo alemão, por meio do Banco Alemão de Desenvolvimento (KfW) e Agência Alemã de Cooperação para o Desenvolvimento (GIZ), e com os Estados Unidos, por meio do Plano de Cooperação Técnica entre a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Ana Carolina Vilela 

Assessoria de Comunicação Social/Funai

Destaques

class=A Funai completa mais uma importante etapa na proteção dos povos indígenas isolados da Terra Indígena Kawahiva do Rio Pardo, localizada no município de Colniza, noroeste do Mato Grosso, declarada de posse permanente do povo...

class=Entre os dias 10 e 14 deste mês, servidores responsáveis pelo trabalho com povos indígenas isolados e de recente contato em todo país estiveram em Brasília para realizar o alinhamento anual de atividades.

class=Representantes de 30 Coordenações Regionais, Museu do Índio e Sede da Funai participaram do "Seminário de Encerramento do Exercício 2018", em Brasília, na última terça-feira (11). Realizado pela Coordenação-Geral de...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05