Presidência e associação de servidores discutem política indigenista e fortalecimento institucional

INA

 

No último dia 28, o presidente Wallace Bastos se reuniu com servidores da Indigenistas Associados (INA), em Brasília, para conhecer o trabalho da associação e dialogar sobre assuntos que dizem respeito à política indigenista e ao fortalecimento da Funai.

 

Andrea Prado, presidente da INA, representantes do Conselho Executivo e demais associados lotados em Brasília apresentaram ao presidente os objetivos da entidade, trabalhos realizados durante um ano e três meses de atuação, além das principais ações e pautas da associação guiadas sob "a perspectiva da autonomia dos povos indígenas em defesa do estado pluriétnico e democrático", como definiram os associados.

O encontro se mostrou como primeiro passo para criação de espaço de diálogo entre a atual gestão e os servidores para tratar assuntos que dizem respeito à política indigenista. Discutiu-se, ainda que de forma inicial, o Parecer 001/2017/AGU, a importância de dar continuidade ao Colóquio Indigenista, nomeação dos aprovados no último concurso, o curso de formação para servidores, humanização do ambiente de trabalho, espaço de acolhimento indígena e de venda de artesanato na sede da Funai, em Brasília, a situação das unidades descentralizadas do órgão, nomeações e outros assuntos.

Wallace Bastos declarou apoio ao diálogo intrainstitucional e comentou: "Nosso papel é viabilizar as necessidades e desejos dos servidores. Precisamos materializar as necessidades da Funai e temos que ouvir vocês."

A Indigenista Associados é uma das associações de servidores da Funai. Com 93 filiados, a INA está presente em 19 Coordenações Regionais, quatro Coordenações Técnicas Locais e três Frentes de Proteção Etnoambientais. A estrutura da associação prevê a filiação de servidores, colaboradores e demais cidadãos favoráveis às causas indígenas. Atualmente, as principais ações são o Grupo de Estudos sobre o Parecer 001/2017/AGU, o provimento adicional de 50% dos aprovados do concurso de 2016 e atuação em prol da instauração do plano de carreira para os servidores.



Assessoria de Comunicação/Funai 

Destaques

class=Nos autos da Ação Civil Pública nº 1004249-82.2018.4.01.3200, foi determinada, em sede liminar, a convocação e nomeação imediata dos aprovados excedentes do concurso da Funai, realizado em 2016. Ocorre que, em fase da...

class=A Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do Ministério Público Federal (6CCR) lança o Manual de Jurisprudência dos Direitos Indígenas. A publicação traz 26 temas de direitos indígenas discutidos a partir de casos concretos, com a compilação das principais decisões de tribunais nacionais e internacionais em cada temática analisada. A obra tem como objetivo subsidiar a atuação de membros do Ministério Público Federal na defesa de direitos dos povos originários, órgãos governamentais e organizações não-governamentais, além de estudantes e pesquisadores.

class=O Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) instituiu grupo de trabalho para discussão de assuntos voltados ao acompanhamento e avaliação da gestão dos recursos, impactos sociais e desempenho das ações da Rede de...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05