Presidente Wallace Bastos pede exoneração e enaltece o trabalho dos servidores da Funai

100DIAS1

O presidente da Fundação Nacional do Índio, Wallace Bastos, pediu nesta segunda-feira (14) exoneração do cargo. À frente do órgão desde maio de 2018, Bastos deixa a presidência após lutar pelo fortalecimento institucional e recomposição da força de trabalho do órgão.

 

Na semana passada, a pedido do presidente, a Ministra de Estado da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, solicitou ao Ministro da Economia, Paulo Guedes, o provimento do adicional de 50% para nomeação de 109 candidatos excedentes classificados e não convocados no concurso público de 2016. Essa era uma luta de Bastos desde que tomou posse no cargo.

 

"Conseguimos trazer para a Fundação mais 203 servidores concursados, que já estão atuando em todas as regiões do país. E continuamos lutando, até o último dia de validade do concurso, junto aos ministérios da Justiça e do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, para nomear os 50% excedentes. Essa é uma grande carência que precisamos sanar para que possamos atender cada vez melhor as principais demandas das populações indígenas", ressaltou o presidente em sua mensagem de final de ano.

 

Além disso, para 2019, Bastos conseguiu, junto ao Governo Federal, que o orçamento da Funai passasse de R$ 109 milhões para R$ 175 milhões, o que permitirá ao órgão avançar ainda mais no que diz respeito às demandas das comunidades indígenas.

 

"Pegamos uma Funai com poucos recursos, e, com uma gestão pública técnica, de transparência e lealdade, conseguimos fortalecer a instituição. Saio com a certeza de que fizemos o melhor dentro das nossas possibilidades e desejando sorte a quem quer que venha ocupar essa cadeira", afirmou.

 

Ao deixar o cargo, o presidente agradeceu principalmente aos servidores da Fundação, a quem chamou de guerreiros incansáveis. "Nesses oito meses à frente da Funai, na sede, em Brasília, e nas minhas viagens às Coordenações Regionais espalhadas pelo Brasil, fiquei impressionado principalmente com a garra e comprometimento dos servidores. Se eu consegui realizar um bom trabalho nesse período, com certeza se deve à competência de cada um deles", agradeceu Wallace Bastos.

 

Biografia

 

Wallace Moreira Bastos é administrador com especialização em mediação, foi subsecretário de Assuntos Administrativos do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, atuou como membro do Conselho de Administração da Companhia Docas do Maranhão (CODOMAR) e ainda na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), onde foi analista administrativo. Presidiu a Fundação Nacional do Índio de maio de 2018 a janeiro de 2019.

 

Assessoria de Comunicação/Funai

Destaques

class=

Encerrou hoje (6) a III Semana Indigenista da Funai realizada em Brasília em comemoração aos 52 anos da instituição. O evento organizado pela Coordenação de Desenvolvimento de Pessoal (Codep) se configura como espaço de...

class=

Encerrou hoje (6) a III Semana Indigenista da Funai (SIF) realizada em Brasília em comemoração aos 52 anos da instituição. O evento organizado pela Coordenação de Desenvolvimento de Pessoal (Codep) se configura como...

class=Discutir o acesso e a permanência de indígenas nos cursos de graduação e pós-graduação nas instituições federais de ensino superior. Com este propósito cerca de 200 jovens, com representantes de 40 etnias, se reuniram...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05