Festa da Colheita do Povo Paresi reunirá ministros de Estado e Governador do Mato Grosso

soja paresiA Terra Indígena Utiariti receberá, de hoje (11) a quarta-feira (13), na aldeia Bacaval, do povo Paresi, o 1º Encontro do Grupo de Agricultores Indígenas. Os ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina; o governador do Estado do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM); e o Diretor de Promoção ao Desenvolvimento Sustentável da Funai, Fernando Melo, já confirmaram presença no evento.

 

Hoje e amanhã, lideranças indígenas estão reunidas na elaboração de um documento com reivindicações, como a criação de um Centro de Capacitação, que será entregue aos ministros e ao diretor da Funai.

Na quarta-feira (13), as autoridades irão conhecer o campo de plantio de dois mil hectares de soja biológica e se reunirão com as lideranças indígenas para receberem o documento.

Em Mato Grosso, o povo Paresi, formado por mais de dois mil indígenas (dados do último censo do IBGE), tem se destacado no plantio de grãos, como soja, milho, mandioca, abóbora, batata, batata-doce, feijão, entre outros. Na safra 2018/2019, foram plantados, no município de Campo Novo dos Parecis, 8,7 mil hectares de soja, mil de milho e 300 de arroz. Para a safrinha deste ano, a previsão de plantação é de 7,7 mil hectares de milho convencional, 6 mil de feijão, 1,4 de girassol e 500 de milho branco, totalizando 15,6 mil hectares.

O presidente da Funai explica que, de acordo com a Convenção 169 da OIT (Organização Internacional do Trabalho), os indígenas têm o direito de escolher seu modelo de desenvolvimento econômico. "A maioria das reivindicações dos indígenas dessa região é em relação ao apoio da Funai para que as comunidades possam plantar em suas terras. Tive a oportunidade de conhecer o trabalho dos Paresi, o que me deixou muito impressionado. Sabemos que se eles não puderem plantar, irão para a beira da estrada, pedir esmolas. Não podemos permitir que isso aconteça", afirmou Franklimberg, que não poderá comparecer ao evento em razão de agenda já confirmada anteriormente na Comissão Interamericana de Direitos Humanos em Sucre, na Bolívia.

Também participarão do evento lideranças indígenas e produtores rurais da região, e representantes da Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso) e da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). O público esperado é de 400 pessoas.



Ascom/Funai

Destaques

class=A Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do Ministério Público Federal (6CCR) lança o Manual de Jurisprudência dos Direitos Indígenas. A publicação traz 26 temas de direitos indígenas discutidos a partir de casos concretos, com a compilação das principais decisões de tribunais nacionais e internacionais em cada temática analisada. A obra tem como objetivo subsidiar a atuação de membros do Ministério Público Federal na defesa de direitos dos povos originários, órgãos governamentais e organizações não-governamentais, além de estudantes e pesquisadores.

class=O Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) instituiu grupo de trabalho para discussão de assuntos voltados ao acompanhamento e avaliação da gestão dos recursos, impactos sociais e desempenho das ações da Rede de...

class=Histórias do céu contadas por Zahy e Tatá – ou na versão tupi Ywak Rehe Ma'e Imune'u Haw Zahy-Tatá Wanemimume'e Kwer –, foi recentemente traduzido pelo professor de língua indígena Antônio Gomes Guajajara. A obra foi...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05