Nova Gestão da Funai passa pente fino em contratos e identifica irregularidades em prestação de serviços terceirizados

Edificio Parque Cidade CorporateA nova gestão contratada pela Fundação Nacional do Índio após solicitação da ministra da Família, da Mulher e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e de denúncias na Ouvidoria do órgão, identificou várias irregularidades em relação à comprovação legal da qualificação, experiência e requisitos mínimos exigidos para cargos terceirizados contratados em 2018. Quatro funcionários já foram notificados pela empresa terceirizada. A Presidência da Funai encaminhou o caso à Auditoria e solicitou à Diretoria de Administração/CGRL (Recursos Logísticos) a substituição dos prestadores de serviço.

 

A nova gestão está analisando todos os contratos firmados anteriormente. Antes mesmo de chegar a denúncia da Ouvidoria, o órgão já havia pedido o desligamento de um prestador de serviço que não tinha os requisitos mínimos exigidos pela legislação vigente para o cargo que ocupava.

O presidente da Funai, Franklimberg de Freitas, informa que não compactuará com nenhuma irregularidade e que a Auditoria do órgão continuará averiguando as denúncias.

 



Assessoria de Comunicação/Funai 

Destaques

class=A Polícia Federal iniciou a deflagração simultânea de duas operações policiais nesta manhã (17/06/2019), no bojo da ação denominada SOS Karipuna, com o objetivo de desarticular organizações criminosas instaladas na...

class=Após seis anos de implantação do Projeto Babaçu Toroya, a Aldeia Iratana do Povo Paiter Suruí inicia a ampliação do cultivo de babaçu. O resultado é o processamento da produção e a geração de renda para os cerca de...

class=O Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (14) publicou a exoneração do general Franklimberg de Freitas do cargo de presidente da Fundação Nacional do Índio. No lugar dele, interinamente, assume Fernando Maurício...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05