Marcelo Augusto Xavier da Silva toma posse como presidente da Funai

Marcelo XavierO delegado da Polícia Federal Marcelo Augusto Xavier da Silva, 41 anos, tomou posse, nesta quarta-feira (24), como presidente da Fundação Nacional do Índio. A assinatura do termo de posse aconteceu no gabinete do Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.


Marcelo foi Ouvidor da Funai entre 2017 e 2018. É Técnico em Agropecuária pela Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia (SP), bacharel em Direito pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas – UNIFMU (SP) e pós-graduado em Ciências Criminais - Universidade Anhanguera UNIDERP (MS).

 

À frente do órgão, Silva pretende focar na melhoria da qualidade de vida dos povos indígenas. "A Funai é um órgão para atender aos indígenas. Nosso foco será melhorar suas condições de vida e dar autonomia aos povos para decidirem. O modelo até então desempenhado não vinha sendo efetivo. Logo, serão bem-vindas sugestões que possam contribuir com as comunidades, e o quadro de servidores do órgão é imprescindível para isso. Seguindo a legalidade, precisamos focar em garantias de dignidade aos povos indígenas e na melhor aplicação dos recursos públicos", afirmou o novo presidente.

 

 

Assessoria de Comunicação/Funai

Destaques

class=

Um lugar onde se planta e colhe frutos - um pomar. Em língua xavante, Abahi Tebrezê é o nome do projeto abraçado há dois anos pelas mulheres indígenas Xavante, da Terra Indígena (TI) Pimentel Barbosa, MT. Trata-se de uma ação de resgate do conhecimento tradicional, a partir da revitalização do cultivo de batatas nativas. A ideia é, a longo prazo, amenizar - e até reverter - efeitos negativos das mudanças nos hábitos alimentares e a sedentarização causada pela introdução de alimentação industrializada na comunidade.

 

class=

O Conselho de Gestão do Patrimônio Genético (CGen) deu ganho de causa ao povo Ashaninka no julgamento de um ato de infração da empresa Tawaya por usar indevidamente o conhecimento tradicional dos indígenas na fabricação...

class=Financiado com recursos do Banco Mundial, o Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável - Microbacias II distribuiu R$ 1,2 milhão para atividades produtivas em dez aldeias da Baixada Santista nos últimos quatro anos. O...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05