Seminário de Restauração Ecológica discutirá recuperação de diversas áreas degradadas do Estado de Santa Catarina

Seminario

 

Ocorrerá, no dia 17 de setembro em Florianópolis e no dia 19 em Chapecó, o Seminário de Restauração Ecológica em Santa Catarina. As inscrições online estão prorrogadas até o preenchimento das vagas

 

A ideia do evento organizado pelo Ibama com parceria da Funai e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) é contextualizar, orientar e dirimir dúvidas sobre o Chamamento Público do Ibama nº 02/2018, que até dia 16 de novembro receberá propostas de prestação de serviços ambientais para restauração ecológica de diversas áreas degradadas do Estado de Santa Catarina.

A instituição cujo projeto for contemplado pelo Chamamento deverá executá-lo junto aos autuados em crimes ambientais que tiverem multas convertidas em serviços ao meio ambiente nas áreas de abrangência. O critério para delimitação das áreas foi a ocorrência natural das espécies vegetais ameaçadas de extinção que se são prioridades em Santa Catarina, a saber, imbuia, canela-preta-xaxim e araucária. 16 municípios e suas respectivas unidades de implantação foram agrupadaos em cinco grupos territoriais. Estão inclusos assentamentos, terras indígenas e unidades de conservação.

Na programação do Seminário estão previstas apresentações e debates sobre o histórico do chamamento, casos de sucesso em restauração ecológica no estado, tipos de projetos a serem apoiados, expectativas das instituições envolvidas e caracterização das áreas participantes.

Inscreva-se pelo site: http://www.ibama.gov.br/inscricoes


SERVIÇO

Contato

Coordenação de Recuperação Ambiental do Ibama (Corec)
(61) 3316-1232 / (48) 3212-3300 / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Data/Local

17/09/2019 - Florianópolis (Auditório do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT)

19/09/2019 - Chapecó (Auditório da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri)


programacao seminario

Destaques

class=A Coordenação-Geral de Promoção dos Direitos Sociais (CGPDS/Funai) informa que a emissão de passaporte para indígenas dispensa a apresentação de declaração de indígena integrado/não integrado ou autorização oficial...

class=Uma estratégia inovadora de desenvolvimento sustentável nas comunidades indígenas foi classificada em uma seletiva de projetos a serem financiados pelo Fundo dos Interesses Difusos (FID), da Secretaria da Justiça e Cidadania...

class=

 

Um processo de diálogo e discussão entre os habitantes da Terra Indígena (TI) Jarawara/Jamamadi/Kanamati para a construção do Plano de Gestão Ambiental e Territorial (PGTA) Jarawara e Apurinã foi concluído no mês de outubro. Na aldeia Água Branca, município de Lábrea/AM, uma oficina apoiada e financiada pela Coordenação-Geral de Gestão Ambiental (CGGAM), Coordenação Regional Médio Purus e Coordenação Técnica Local em Lábrea arrematou os quase sete anos do processo de definição para o uso dos recursos naturais da TI.

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05