Projeto no litoral de SP e Vale do Ribeira gera renda e autonomia produtiva a comunidades indígenas

vale do ribeira

Em menos de cinco meses após o início da execução do projeto Sisteminha (Sistemas de Produção Integrada de Alimentos), implantado pela Coordenação Regional do Litoral Sudeste em aldeias da Baixada Santista (SP) e do Vale do Ribeira (SP), a comunidade indígena da aldeia Piaçaguera, em Peruíbe, litoral de São Paulo, passou da subsistência à geração de renda, a partir do desenvolvimento das atividades produtivas propostas.

 

Entre os resultados positivos obtidos, o coordenador regional, Cristiano Vieira Gonçalves Hutter, destaca a inclusão de indígenas na carteira de fornecedores do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) de Peruíbe (batata doce e alface), bem como na entrega de alimentos em Itanhaém (SP). O projeto, implantado na Aldeia Piaçaguera, está em fase de construção nas aldeias Takuari, Takuari Ty e Araçá Mirim, no Vale do Ribeira.

Outro dado alcançado na Piaçaguera é a produção de ovos, que soma 120 unidades por semana, além do plantio agroecológico de hortaliças, do tanque de peixes e do galinheiro móvel. Segundo Cristiano, o Sisteminha qualifica ainda mais as ações já executadas nas aldeias. Para o vice-cacique Diego Mariano, os resultados evidenciam sua funcionalidade. "Agora tenho orgulho de ver nossa produção elogiada por outros agricultores da cidade", comemora.

vale do ribeira 2

Welliton Moraes
CR Litoral Sudeste