Na prevenção ao coronavírus, Funai suspende autorizações de entrada em terras indígenas

A Fundação Nacional do Índio (Funai) suspendeu, pelos próximos trinta dias, as autorizações de entrada em terras indígenas devido à pandemia do novo coronavírus (COVID-19). A medida, adotada por meio da Portaria nº 419, de 17 de março de 2020, é uma forma de evitar a disseminação do vírus nas aldeias, uma vez que as populações indígenas se encontram no grupo de risco de contaminação por serem mais suscetíveis e vulneráveis ao contágio.

 

Segundo a portaria, estão suspensas a concessão de novas autorizações, com exceção daquelas necessárias à continuidade de serviços essenciais às comunidades, como ações de segurança, atendimento à saúde, entrega de gêneros alimentícios, de medicamentos e combustível. A avaliação será realizada pela autoridade competente nas Coordenações Regionais da Funai, que poderão reavaliar e reagendar as autorizações já concedidas, especialmente quando envolverem a realização de eventos ou impliquem a entrada de mais de 05 pessoas na terra indígena.

 

Todas as atividades de contato com comunidades indígenas isoladas também ficam suspensas, salvo se a atividade for essencial à sobrevivência do grupo isolado, podendo ser autorizada via Coordenação Regional da Funai em ato justificado. A portaria ainda prevê outras providências temporárias de prevenção à infecção e propagação do novo coronavírus no âmbito da fundação. O período de aplicação das medidas poderá ser prorrogado, conforme determinação do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

 

Card-coronavirus

 

 

Assessoria de Comunicação / Funai