Funai atua em operação de desmonte de garimpo ilegal no MT

garimpo cp edA Fundação Nacional do Índio (Funai), por meio da Coordenação Regional Cuiabá, participou de uma operação de desmonte de garimpo ilegal dentro da Terra Indígena Sararé, localizada no município de Pontes e Lacerda, a 450 quilômetros da capital do Mato Grosso. Realizada no âmbito da Operação Verde Brasil 2, a ação mobilizou 250 militares, 20 policiais federais e representantes da Funai, Força Nacional e Ibama. 


Com o apoio de 25 viaturas, nove embarcações e dois helicópteros os agentes de segurança retiraram cerca de 50 garimpeiros que atuavam ilegalmente na Terra Indígena. A operação cumpriu seis mandados de prisão e sete buscas e apreensões. Os envolvidos foram conduzidos para o município de Pontes e Lacerda para autuação. No local de exploração do garimpo foi constatada a existência de danos ambientais ao rio e à vegetação ciliar. Foram apreendidos ou inutilizados motores de dragagem, dez dragas, geradores e motores de embarcação.

“Ações de monitoramento e fiscalização também fazem parte da competência institucional da Funai. A cooperação com outros órgãos, como os de segurança pública e as Forças Armadas, é fundamental para a agilidade e eficiência no combate à ilegalidade dentro das Terras Indígenas. Muitas das vezes se faz necessária uma logística na qual só a atuação conjunta garante o êxito na proteção daqueles territórios”, avalia o presidente da Funai, Marcelo Xavier.

Com extensão de 67.419 hectares, a Terra Indígena Sararé abriga o povo Nambikwara Katitaurlu, cuja população é de 97 pessoas. O território está localizado nos municípios de Pontes e Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade, estado do Mato Grosso.

Assessoria de Comunicação – Funai
com informações do Ministério da Defesa

Destaques

class=A Fundação Nacional do Índio (Funai) passou a contar com uma Central de Atendimento específica para solicitações dos povos indígenas relacionadas ao combate à covid-19. A intenção é fazer com que as informações...

class=Com atuação em uma área que cobre 146 aldeias na região do município de Lábrea, oeste do Amazonas, a Coordenação Regional do Médio Purus é a unidade da Funai responsável pelo atendimento de cerca de 9 mil indígenas...

class=Na terça-feira (30), primeiro dia da Operação Covid-19 nas terras indígenas Yanomami e Raposa Serra do Sol, em Roraima, o governo federal levou atendimento médico a comunidades da região, além de equipamentos de proteção...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05