Nota de pesar

Domingo Maroho e Claudio BadaroA Fundação Nacional do Índio (Funai), em nome de seu presidente, Marcelo Xavier, vem a público comunicar, com imenso pesar, o falecimento do cacique Domingos Maroho, importante liderança indígena do estado de Mato Grosso. O líder Xavante vivia na Terra Indígena Sangradouro e faleceu na segunda-feira (6), aos 60 anos.

 

Segundo o presidente da Funai, o cacique deixa um legado de empenho, dedicação e trabalho em benefício do povo Xavante. "Domingos representava os indígenas com brilhantismo. Era um líder forte, honesto, incomparável. Sua perda nos entristece profundamente", afirmou Xavier.

 

"A nação Xavante perde um de seus maiores e melhores representantes, um líder sem igual. Sua nobreza de espírito contagiava a todos. Que o Criador o receba de braços abertos, com toda honra que um guerreiro Xavante merece", acrescentou o assessor de Estudos e Pesquisas da Presidência da Funai, Cláudio Badaró.

 

 

Assessoria de Comunicação / Funai