Operação Verde Brasil 2: Ação de fiscalização na região amazônica conta com o apoio da Funai

defesa2A Fundação Nacional do Índio (Funai) participou, no âmbito da Operação Verde Brasil 2, de ações de inspeção naval em rios da região Amazônica, abrangendo várias cidades dos estados do Amazonas, Rondônia, Acre e Roraima.

  

No total, foram abordadas e revistadas 105 embarcações, resultando na apreensão de 13 e na autuação de 25 em localidades do Amazonas e de Rondônia. As fiscalizações foram lideradas pelo Comando Conjunto Amazônia (CCjA) e contaram com o apoio do Comando do 9º Distrito Naval, além de policiais militares.

 

Desde a deflagração da Operação Verde Brasil 2, em 11 de maio, militares e agentes de órgãos parceiros realizaram 15,6 mil inspeções navais, terrestres, vistorias e revistas em embarcações, das quais 259 foram apreendidas. Nos postos de bloqueio e controle de estradas, foram retidos 174 veículos por irregularidades. defesa1

 

Também foram confiscados 28 mil metros cúbicos de madeira ilegal, bem como apreendidas 482 máquinas de serraria móvel, tratores, maquinário de mineração, balsas, dragas e acessórios. Até o momento, mais de R$ 406,9 milhões foram aplicados em multas e termos de infração.

 

A Operação Verde Brasil 2 é coordenada pela Vice-Presidência da República, em apoio aos órgãos de controle ambiental e de segurança pública. A missão, deflagrada pelo Governo Federal para emprego das Forças Armadas em Garantia da Lei e da Ordem (GLO), visa ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais na Amazônia Legal, incluindo Terras Indígenas e faixas de fronteira.

 

 

Com informações do Ministério da Defesa