Nota de pesar

Joao GuajajaraA Fundação Nacional do Índio (Funai) vem a público comunicar, com imenso pesar, o falecimento do cacique João Cassimiro da Silva, liderança do estado do Maranhão, que completaria 71 anos nesta quarta-feira (29).

  

Mais conhecido como João Madrugada Guajajara, o líder da Terra Indígena (TI) Bacurizinho, na Região do Bananal (MA), foi um dos pioneiros na luta pelos direitos indígenas no estado, tendo dedicado 38 anos a serviço da Funai, onde trabalhou como monitor bilíngue e chefe de posto indígena.

 

Entre suas principais conquistas, destacam-se as demarcações e ampliação das TIs Bacurizinho e Morro Branco, além da mediação e articulação envolvendo empreendimentos que causaram impactos às comunidades indígenas da região de Santa Inês.

 

O cacique trabalhou ainda na Frente de Proteção Etnoambiental Awá-Guajá da Funai e foi responsável por pacificar diversos conflitos entre indígenas e não indígenas na cidade de Grajaú. Com seu histórico de luta, o cacique deixa um legado de trabalho e dedicação em defesa dos povos originários.

 

Assessoria de Comunicação / Funai

Destaques

class=Uma série de melhorias implementadas pela Fundação Nacional do Índio (Funai) nos últimos 12 meses resultou em avanços nos processos de gestão. Entre os destaques, está o retorno de um total de R$ 843.076,42 aos cofres da...

class=A equipe de 24 profissionais de saúde das Forças Armadas encerrou na quinta-feira (30) os atendimentos médicos no Polo Base Campinápolis, estado de Mato Grosso, onde foram atendidos indígenas Xavante, moradores das aldeias...

class=Mais de 365 mil cestas de alimentos já foram entregues pela Fundação Nacional do Índio (Funai) a famílias indígenas em situação de vulnerabilidade social em todo o país. O intuito é garantir a segurança alimentar das...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05