Festa anual Fulni-ô em Águas Belas-PE é gratuita e aberta ao público

Fulni o

 

Na próxima semana, de 4 a 8 de fevereiro, os Fulni-ô do município de Águas Belas-PE recebem todos os interessados em participar da X edição da Semana de Arte e Cultura, na Aldeia Fulni-ô. Também chamado de Festa na Aldeia, o evento anual reúne diversas pessoas, entre indígenas e não indígenas, para troca de experiências, apresentação e divulgação da força de um povo originário e nordestino.

Leia mais...

Caciques Guajajara reivindicam voz em Brasília

LiderancasGuajajara 4

 

Cerca de 50 lideranças Guajajara compareceram à sede da Funai, em Brasília, na última terça-feira (28), a fim de manifestar apoio ao atual governo brasileiro e à gestão da Funai. Na ocasião, relataram a necessidade de que os órgãos públicos e a sociedade civil ouçam diretamente os caciques, considerados pelas comunidades indígenas como seus legítimos representantes.

Leia mais...

Nota à imprensa - Desmatamento na Terra Indígena Ituna-Itatá

NOTATendo em vista as informações veiculadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Ministério Público Federal a respeito da situação de crescente desmatamento na Terra Indígena (TI) Ituna-Itatá, a Funai declara que acompanha a situação da terra indígena por meio do Centro de Monitoramento Remoto (CMR) desta instituição e tem comunicado os órgãos ambientais e de segurança, entre eles Ibama e Polícia Federal, quanto à realidade da região, como é de sua competência.

A atuação da Funai na região de Ituna Itatá é voltada aos estudos sobre povos indígenas isolados e à coordenação do Plano de Proteção Territorial do Médio Xingu (PPTMX), que funciona via Termo de Cooperação assinado entre a Norte Energia e Funai, como condicionante da construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte.

 

 

As açõesdo PPTMX são de cunho preventivo. Os agentes fazem o monitoramento, tentam mediar situações conflituosas, informam as pessoas de que a região é terra indígena e qualificam as denúncias recebidas pelos indígenas. Os dados são trabalhados pela Funai e as informações encaminhadas aos órgãos de proteção ambiental. O grau de periculosidade da área tem dificultado os trabalhos desenvolvidos até então, mas está prevista a criação de um posto de vigilância na região por parte da Norte Energia ainda este ano e a TI Ituna Itatá está entre as prioridades da Funai para articulações de ações de proteção em 2020.



Assessoria de Comunicação/Funai 


Campeonato da Língua Pamoari resgata cultura dos Povos Paumari e Apurinã no Amazonas

paumari cpCinco comunidades indígenas dos Povos Paumari e Apurinã participaram da 5ª edição do Projeto de Ampliação do Vocabulário Através do Diálogo para Fortalecer a Língua Paumari (Vara Akhanina Vani Aabono Anadanova Ariathi Aogarikia). O evento é dividido em categorias como natação, corrida, competição de apneia debaixo d'água, e o mais representativo: a competição de criação de narrativas na língua originária de ambas etnias.

Leia mais...

Governo Federal une forças para atendimento a famílias indígenas no Vale do Javari

Rios Vale do JavariEm conjunto com a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH), a Funai planeja ações para acolhimento das famílias indígenas que anualmente se deslocam para Atalaia do Norte (AM). O intuito é criar uma força-tarefa junto aos órgãos públicos locais para que essas pessoas não fiquem em situação de vulnerabilidade no porto da cidade.

 

Leia mais...

Destaques

class=Nessa quinta-feira (13), a Funai recebeu em Brasília lideranças indígenas dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná representando as etnias Guarani, Guarani Mbya, Ava Guarani, Kaingang e Xokleng. Na...

class=O presidente da Funai, Marcelo Xavier, recebeu a visita do governador do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), nessa quarta-feira (12). Entre outros assuntos tratados na ocasião, foi discutido o desenvolvimento de trabalho em...

class=Com cerimônias previstas para os dias 11, 12 e 13 de fevereiro, 800 casais de indígenas participam do casamento coletivo no município de Benjamin Constant, região do Alto Solimões, tríplice fronteira entre Brasil, Colômbia...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05