Livro aborda papel do indígena na criação de uma identidade nacional

Fonte: Agência Fiocruz de Notícias

 

Analisar como se deu a criação da Seção de Etnografia e Arqueologia no Instituto Histórico e Geográfico do Brasil (IHGB) pelos homens da elite letrada imperial oitocentista, comprometidos em originar um projeto político de desenho da nação brasileira que considerasse o papel que caberia ao indígena nesse processo de gestação. Esse é o principal objetivo da historiadora Kaori Kodama no livro Os índios no Império do Brasil – a etnografia do IHGB entre as décadas de 1840 e 1860, recém-publicado pela Editora Fiocruz.

Leia mais...

Indígenas discutem aplicação da Lei Maria da Penha nas Comunidades

As mulheres indígenas sabem do que trata a Lei Maria da Penha? Será que essa Lei pode ser aplicada às comunidades indígenas? Essas e outras perguntas devem ser respondidas por quarenta mulheres indígenas representantes dos povos Gerinpankó, Kalancó, Katockim, Karuazu, Koiupanká, Xukuru Kariri, Wassu Cocal, Tinguí Botó, Karapató, Xocó, Aconã, Kariri Xocó, Pataxó e Tupinambá. Oriundas da Bahia, de Sergipe e de Alagoas, as indígenas estão reunidas em Maceió/AL, no VIII Seminário Participativo sobre a Lei Maria da Penha, realizado pela Coordenação de Mulheres Indígenas da FUNAI.

Leia mais...



Destaques

class=

Preconceitos e estereótipos contra povos indígenas podem ser vencidos desde cedo e a escola tem relevante papel nessa contribuição à sociedade. Em Altamira, a partir da parceria entre a Coordenação Regional (CR)...

equipe

Terminou na última sexta-feira (19), na aldeia Cartucho, município de Santa Isabel do Rio Negro (AM), divisa com a Colômbia e a Venezuela, mais uma etapa do Programa Sesai em Ação: Saúde Indígena Brasil Adentro!, que tem como objetivo apoiar a oferta de ações complementares à atenção básica e especializada de saúde em áreas de difícil acesso geográfico em benefício da população indígena, evitando, assim, o deslocamento de famílias para tratamento em centros urbanos. Este ano, o projeto, em parceria com a Funai, atendeu as 23 etnias indígenas que abrangem a jurisdição da Coordenação Regional do Rio Negro, incluindo os Yanomami.

class=A Funai prorrogou a data de entrega das propostas da Chamada Pública nº 001/2019 para o dia 26 de abril. Serão beneficiadas aldeias indígenas próximas aos municípios de Marabá e Itaituba (PA), Tabatinga (AM), Palmas (TO) e Imperatriz (MA). Os recursos para a instituição que será selecionada somam o total de R$ 500 mil.

 

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05