Garantir terras para índios Guarani Kaiowá é “questão de honra”, diz presidente da Funai

Fonte: Agência Brasil

marcio meira agbr1O reconhecimento e a garantia do direito originário dos índios Guarani Kaiowá a terras em Mato Grosso do Sul, hoje ocupadas por atividades produtivas, é definido pelo presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Márcio Meira, como uma "questão de honra" para o Brasil e como "o principal desafio" após a confirmação da demarcação em faixa contínua da Terra Indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima.

Leia mais...

Funai mobiliza servidores para atividades do Mutirão Arco Verde Terra legal

O Governo Federal, em parceria com Estados e Municípios, começou uma nova fase do processo de implantação de modelos de desenvolvimento sustentável na Amazônia Legal. Essa etapa é marcada pelo Mutirão Arco Verde Terra Legal, que, com atividades imediatas e contínuas, busca garantir o acesso a direitos e cidadania para milhares de brasileiros. As ações do Mutirão serão concentradas em 43 municípios do Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Roraima, considerados prioritários para a prevenção e controle do desmatamento, regularização fundiária e combate à grilagem.

Leia mais...

Desafios da Educação Escolar Indígena na Conferência Regional de MG e ES

belo horizonte1A Conferência Regional de Educação Escolar Indígena reuniu no Sesc Venda Nova, em Belo Horizonte, representantes de 10 etnias dos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, entre os dias 30 de junho e 03 de julho, para discutirem propostas e ações que afetam diretamente a educação escolar indígena da região. "Percebemos que o nosso Estado ainda não avançou em relação a infra-estrutura e o financiamento da educação escolar indígena" ressaltou Andréia Cristina Almeida, educadora indígena Tupinikim e Coordenadora de Educação Escolar Indígena da Secretaria Municipal de Educação de Aracruz, no estado do Espírito Santo.

Leia mais...

Acordos de Cooperação promovem fortalecimento do Território da Cidadania Indígena do Rio Negro

Ailton Krenak SMALLNa manhã do dia 7 de julho, terça-feira, a Fundação Nacional do Índio firmou dois termos de cooperação técnica para implementação de ações do Programa de Proteção e Promoção dos Povos Indígenas, com objetivo de promover o desenvolvimento sustentável na Bacia do Rio Negro. O documento oficializa a parceria com a Prefeitura de São Gabriel da Cachoeira/AM, com o Instituto Socioambiental (ISA) e com a Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (FOIRN), parceiros nas ações desenvolvidas pelo Território da Cidadania Indígena do Rio Negro, estabelecendo um marco no compartilhamento da gestão pública na região.

Leia mais...

Indígenas do ES e MG participam da Conferência Regional de Educação Escolar Indígena

Ailton Krenak SMALLCom objetivo de apontar inovações e respeitar a diversidade dos povos indígenas na educação escolar indígena, iniciou nesta terça-feira (30/06/09),em Belo Horizonte, com ritos tradicionais de diversas etnias e uma proteção feita pelos Guarani, a Conferência Regional de Educação Escolar Indígena. "Devemos sinalizar os conjuntos de desafios e garantir a especificidade das escolas indígenas", apresentou Armênio Bello Schmidt da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad) do Ministério da Educação (Mec).

Leia mais...

Destaques

Paresi agredido em MTEm São Carlos/SP nesta segunda-feira (18), a secretária nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Sandra Terena, visitou indígena que teve o...

class="O indígena é livre e tem espontânea vontade para fazer o que quiser." A frase do Karapanã, de apenas 13 anos, retrata com perfeição a inusitada vida que leva e o faz destaque na nossa página neste dia 19, Dia do...

class=Pangùbàà panzanì mene mangà panbàt pìt tikìà. Numa tradução aproximada do tupi-mondé, a oração que abre essa matéria quer dizer: estudar é o melhor caminho a seguir. Seja na língua materna do Povo Cinta Larga ou em português, alcançar o conhecimento é expandir possibilidades. Com esse pensamento, jovens dessa etnia começaram a frequentar os cursos técnicos de Meio Ambiente, Comércio e Agropecuária do Instituto Federal do Mato Grosso, no município de Juína, a 734 km de Cuiabá.

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05