Funai participa de Feira sobre agrobiodiversidade e prevê cooperação técnica com Embrapa

fortaleza a ed"Os Povos Indígenas em proteção a suas terras e ao seu conhecimento muito contribuem para a conservação e aplicabilidade dos recursos genéticos. Enquanto órgão indigenista, a Funai defende a proteção destes conhecimentos tradicionais e o uso de maneira sustentável", disse o assessor da presidência da Funai, Cleilson Gadelha Queiroz, durante a abertura da 2ª Feira Nacional de Guardiões da Agrobiodiversidade, em Fortaleza-CE.

Leia mais...

Funai promove gestão participativa com populações indígenas de Altamira

comite clpa

Três dias de intenso trabalho foram necessários à instauração do Comitê Regional Centro-Leste do Pará, em Altamira/PA. Entre 13 a 15 de novembro, indígenas e servidores reuniram-se na nova sede da coordenação para definir os integrantes da instância, como ela deverá funcionar e quais serão as prioridades de ações da coordenação regional (CR) para 2019.

 

Leia mais...

Indígenas Cinta Larga expõem e comercializam produção de biojoias no evento WorkIF, em Cuiabá

cinta larga   aO artesanato Cinta Larga é um dos mais reconhecidos e valorizados por especialistas do país, devido ao seu processo complexo de fabricação e estética impecável. Entre os dias 27 e 29 de novembro, no Centro de Eventos Pantanal, em Cuiabá-MT, mulheres indígenas desse povo vão comercializar sua produção para o público em geral durante o WorkIF – Workshop de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT).

Leia mais...

Mulheres indígenas do Mato Grosso realizam assembleia e fortalecem movimento indígena

takina bA 4ª Assembleia da Organização de Mulheres Indígenas de Mato Grosso (TAKINÁ) reuniu cerca de 60 mulheres de 20 povos indígenas do estado, com representantes das etnias: Xavante, Kanela, Terena, Arara, Rikbaktsa, Paresi, Chiquitano, Myky, Bororo, Bakairi, Guató, Kawaiueté de Juara, Kawaiueté do Xingu, Munduruku, Manoki, Apiaká, Yawalapti, Umutina, Tapirapé, Karajá.

Leia mais...

Mapulu Kamayurá, cacica e pajé do Alto Xingu, recebe Prêmio de Direitos Humanos 2018

mapulu   bFilha do pajé Tacumã Kamayurá, a cacica e também pajé Mapulu Kamayurá aprendera com o pai os conhecimentos ancestrais com que carrega a cultura de seu povo e ajuda todos na aldeia com a medicina tradicional. O Prêmio de Direitos Humanos de 2018, do Ministério dos Direitos Humanos (MDH), reconheceu a liderança dessa importante indígena em solenidade realizada hoje (21) em Brasília-DF.

Leia mais...

Destaques

class=

O presidente da Fundação Nacional do Índio, Wallace Bastos, pediu nesta segunda-feira (14) exoneração do cargo. À frente do órgão desde maio de 2018, Bastos deixa a presidência após lutar pelo fortalecimento...

class=Na noite de ontem (13), a Rede Globo exibiu uma matéria com imagens exclusivas sobre povos indígenas isolados e o trabalho da Funai com essas populações. A equipe da emissora acompanhou uma expedição junto aos servidores da...

class=Entre os dias 3 e 5 de dezembro de 2018, ocorreu mais uma etapa do Comitê Regional sobre políticas indígenas, desta vez, em Dourados, Mato Grosso do Sul. Como em outras ocasiões, o Comitê foi um espaço de diálogo entre a...

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05