Projeto Editorial

A área de gestão documental da Funai vem há alguns anos se dedicando à divulgação da produção intelectual e técnica sobre os povos indígenas e a política indigenista, trabalhando para isso em parceria com os autores e com as unidades da Funai que desenvolvem projetos e atividades junto às comunidades indígenas.

 

No período de 1992 a 1995, quando o Projeto Editorial teve seu início, foram publicadas obras modestas e com uma pequena tiragem, já esgotada. Entre elas se destacam A Marcha para o Oeste e Os índios do Xingu, de 1992, e Da proteção fraternal ao integralismo harmonioso: Aspectos ideológicos da política indigenista, de 1993, ambos de Leandro Mendes Rocha, e também Uma rebelião cultural silenciosa: Investigação sobre os suicídios entre os Guarani (Nhandéva e Kaiowá) do Mato Grosso do Sul (1995), de Maria Aparecida da Costa Pereira, e Sociedades Indígenas: Diversidade cultural contemporânea no Brasil, de Henyo Trindade Barreto Filho. Esses trabalhos fazem parte do acervo da Biblioteca Curt Nimuendaju, e encontram-se à disposição para consulta e estudos.

 

Os demais trabalhos produzidos por meio do Projeto Editorial da Funai, publicados a partir de 2000, encontram-se à disposição do público, no formato PDF, nas seções Revistas de Estudos e Pesquisas, Livros e Séries e também na Biblioteca Curt Nimuendajú.

 

 
 
 

acesso-informacao

banner 02

logo-ouvidoria

banner 04

banner 05